Tecnologia

O preço da oferta pública inicial do Facebook está em perigo por causa do Yahoo?

Como planeja uma oferta pública inicial, o Facebook está crescendo a preocupação de que uma disputa de patente com Yahoo (NASDAQ: YHOO) pode ter um impacto material em seus negócios.

Em 12 de março, o Yahoo processou o Facebook por ter supostamente patentes infringidas relacionados à publicidade, redes sociais, privacidade, personalização e mensagens, o Facebook disse hoje em um arquivamento, acrescentando que a empresa ainda não emitiu uma resposta ao processo.

por que os gatos são melhores do que os cachorros

“Este litígio ainda está em seus estágios iniciais”, disse o Facebook no processo. “Se um resultado desfavorável ocorrer neste litígio, o impacto pode ser material para o nosso negócio, condição financeira ou resultados operacionais.”



O Facebook foi agredido com mais ações judiciais sobre propriedade intelectual nos últimos meses, enquanto se prepara para um dos IPOs de tecnologia mais esperados desde então Google (NASDAQ: GOOG). No final do ano passado, a empresa detinha apenas 60 patentes nos EUA, mas começou a reforçar seu portfólio como meio de defesa. No início deste mês, o Facebook supostamente adquiriu 750 patentes de IBM (NYSE: IBM).

O Yahoo está exigindo que o Facebook licencie sua tecnologia e está pedindo uma ordem impedindo o Facebook de infringir 10 patentes, bem como o triplo de danos. O Facebook disse que planeja se defender contra 'essas ações intrigantes'.

O Facebook planeja levantar US $ 5 bilhões em seu IPO este ano, tornando-se a maior oferta de Internet já registrada. Analistas estimam que a empresa avaliação em até US $ 100 bilhões. O Facebook tem mais de 850 milhões de usuários em todo o mundo e tem se beneficiado recentemente com os usuários que passam mais tempo no site. O total de minutos por dia que todos os usuários gastam no site aumentou 57% em janeiro em relação ao ano anterior. O tempo médio que cada usuário passa no site aumentou 14%.

Para entrar em contato com o repórter sobre esta história: Emily Knapp em staff.writers@wallstcheatsheet.com

Para entrar em contato com o editor responsável por esta história: Damien Hoffman em editors@wallstcheatsheet.com

john f. kennedy jr. patrimônio líquido